TV digital no PC

    669248.toshiba tv digital sintonizador plugtv tecnologia%2Bbaixebr TV digital no PCO início das transmissões de TV digital, em dezembro de 2007 em São Paulo, trouxe ao país o conceito de TV móvel. Graças ao sistema “1seg”, também adotado no Japão, você não precisa mais ficar preso à sala de estar para acompanhar seus programas favoritos.

    Agora é possível vê-los no celular, no media player de bolso ou no notebook, onde você estiver. Os primeiros produtos compatíveis já estão chegando: Samsung e Semp Toshiba já apresentaram seus celulares com TV, e Semp Toshiba, bem como a TELE System, tem TVs de bolso.

    No caso dos notebooks e desktops, para assistir TV digital você precisa de um acessório chamado de “sintonizador 1seg”. Vários fabricantes já tem seus modelos no mercado, e todos são invariavelmente pequenos: do tamanho de um pendrive, com uma antena “vareta” (como as dos radinhos de pilha) externa para recepção do sinal. É o caso do PlugTV, da Semp Toshiba, que analisamos neste artigo. Ele mede apenas 2 x 1,14 x 5,8 cm (largura, altura, profundidade), e pesa só 15 gramas, no Mercado Livre um modelo para o PSP está sendo vendido por R$ 230,00, confira!


    A instalação é muito simples: basta colocar o CD que acompanha o acessório no drive e instalar dois softwares: os drivers necessários a seu funcionamento e o player, responsável pela exibição das imagens, seleção de canais, etc. O manual incluso acompanha o processo, passo-a-passo, inclusive com uma seção especial sobre a instalação no Windows Vista (que requer ajustes especiais).

    Com tudo pronto, é só inserir o PlugTV em uma porta USB de seu computador e abrir o programa “ST1seg Player”. Na primeira vez em que for usado ele vai fazer uma busca automática dos canais disponíveis em sua região, e mostra os resultados (com número do canal e seu nome) em uma lista ao lado da janela principal. Basta dar dois cliques sobre o nome do canal para sintonizá-lo, não é necessário decorar números ou brigar com os botões de um controle remoto.

    O player também tem recursos como Closed Caption (legendas) e um guia eletrônico de programação, com informações sobre o programa atual e as próximas atrações. As informações do guia são fornecidas pela própria emissora, junto com o sinal de TV. Outro recurso bem interessante é o Time Shift, que permite pausar TV ao vivo e continuar mais tarde do ponto onde parou.

    img TV digital no PC

    Isto é extremamente útil, por exemplo, quando o telefone toca justamente na hora em que o mocinho vai revelar o assassino no capítulo final da novela: pause o programa, atenda o telefone sem preocupação e volte à novela. O que o player faz, na verdade, é iniciar uma gravação instantânea a partir do exato momento onde o programa foi pausado. Quando você retorna, ele reproduz o vídeo do início e continua a gravar em segundo plano a programação ao vivo, até você decidir voltar ao “momento atual”.

    É possível gravar os programas para revê-los mais tarde, exatamente como em um videocassete. A gravação pode ser instantânea (basta apertar o botão vermelho, REC) ou agendada. No último caso, para que ela aconteça é necessário que o micro esteja ligado e o player aberto no horário programado. Não há ajustes de qualidade, o sinal é gravado exatamente como chega ao PlugTV. A duração depende apenas de quanto espaço em disco está disponível em seu computador: são necessários 3 MB por minuto de vídeo. Isso significa que um filme com duas horas de duração, por exemplo, ocuparia 360 MB.

    Mas e a recepção do sinal e qualidade de imagem, como são? Em testes feitos em São Paulo, no bairro da Aclimação, o PlugTV encontrou sete canais, na seguinte ordem: SBT, Globo, Record, Gazeta, Band, MixTV e MTV.

    Todos com qualidade perfeita de imagem (sem engasgos ou falhas) e som. Em comparação uma TV comum, usando uma antena vareta como a do PlugTV, só encontra a Globo e Record, com muitos fantasmas e chuviscos. Falando em antena, se necessário é possível trocar a vareta do PlugTV por uma antena externa, inclusa na embalagem, para melhorar a recepção.

    Já no quesito qualidade de imagem, é necessário esclarecer um ponto que causa confusão entre os usuários. Com o PlugTV você vai, sim, receber o sinal de TV digital em seu notebook ou desktop. O que você não vai receber é o sinal em alta definição. Uma imagem em alta definição (HD) tem resolução de 1280 x 720 pixels ou 1920 x 1080 pixels. Mas as transmissões móveis no sistema 1seg, usado no Brasil, tem resolução de apenas 320 x 240 pixels, que é tudo o que o PlugTV vai mostrar.

    A imagem é boa em tamanho natural ou ampliada em 2 vezes, mas coloque-a em tela cheia em um monitor de 15 polegadas ou mais e você vai notar que falta nitidez e há “blocagem”, ou seja, partes da imagem ficam com uma aparência quadriculada.

    Isso não é um defeito do PlugTV, é uma característica de nosso sistema de TV digital móvel, comum a todos os produtos desta categoria. Para receber o sinal digital com qualidade máxima em seu computador seria necessário um receptor “FullSeg”, que ainda não está disponível no mercado.

    A própria Semp Toshiba demonstrou recentemente um computador para entretenimento (o Spectra) equipado com um destes receptores, mas ele era um protótipo sem data definida para chegar ao mercado.

    O PlugTV é leve, prático, fácil de usar e indispensável para quem adora TV mas não consegue parar em casa. Com o início das transmissões digitais em outras regiões do país, logo poderá ser um companheiro constante de viagens: esqueça a idéia de levar uma TV para a casa da praia, bastará colocar um PlugTV no bolso, um notebook na mochila e viajar sem medo de perder a final do campeonato.

    Serviço
    Semp Toshiba PlugTV (DT-1020)
    Fabricante: Semp Toshiba
    Preço: R$ 199
    Prós: Pequeno, leve, fácil de instalar e usar
    Contras: Imagem não fica bonita em tela cheia em um monitor grande

    Comente este artigo

    Seu email não é publicado.

    *

    You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>