Livro: Sistemas Fluidomecânicos – Hidráulica e Pneumática

    17 de novembro de 2014

    Com caráter técnico-científico, esta publicação explica questões como fluidostática, densidade, pressão e altitude. Aborda as relações entre as unidades e discorre sobre os conceitos de fluidodinâmica, escoamento laminar ou turbulento, equação da continuidade, Equação de Bernoulli e Venturi. Comenta os tipos de bombas e suas potências.

    Esclarece ainda sobre os tipos de cilindros e suas aplicações, como cilindros hidráulicos, com haste e haste dupla e telescópico, além de comentar sobre dimensionamento, flambagem, simbologia e linhas e suas funções. Abrange circuitos de acionamentos hidráulicos, pneumáticos, eletro-hidráulicos e eletropneumáticos. Contempla características gerais positivas e negativas, reservatório de ar comprimido e suas funções, e dimensionamento de circuitos em geral, objetivando automatizar máquinas, equipamentos, dispositivos e veículos.

    sf Livro: Sistemas Fluidomecânicos   Hidráulica e PneumáticaSUMÁRIO:

    Capítulo 1 − Sistemas Fluidomecânicos

    1.1 Fluidostática

    1.2 Densidade (d)

    1.2.1 Pressão

    1.3 Pressão atmosférica

    1.3.1 Experiência de Torricelli

    1.3.2 Teorema de Stevin

    1.3.3 Alinhamento dos pontos

    1.3.4 Pressão sanguínea

    1.4 Vasos comunicantes

    1.4.1 Paradoxo fluidostático

    1.4.2 Relações entre unidades

    1.4.3 Observações gerais

    1.5 Teorema de Pascal (Blaise Pascal (1623-1662) matemático e físico francês)

    1.6 Teorema do Empuxo ou Teorema de Arquimedes (Arquimedes de Siracusa (287 – 212 a.C.))

    1.7 Fluidostática – série extra de exercícios

    Capítulo 2 − Fluidodinâmica

    2.1 Conceitos básicos

    2.1.1 Regime permanente

    2.1.2 Regime variado

    2.2 Escoamento laminar ou turbulento

    2.2.1 Experiência de Reynolds

    2.3 Equação da continuidade

    2.3.1 Vazão (Q)

    2.4 Equação de Bernoulli

    2.5 Venturi

    2.5.1 Medidor de vazão (Sabesp – Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo)

    2.6 Turbulência

    2.7 Bombas hidraúlicas

    2.7.1 Dimensionamento da tubulação

    2.8 Viscosidade cinemática

    Capítulo 3 − Cilindros

    3.1 Introdução aos cilindros hidráulicos

    3.1.1 Cilindro de ação simples

    3.1.2 Cilindro com haste

    3.1.3 Cilindro de haste dupla

    3.1.4 Cilindro telescópico

    3.1.5 Componentes do cilindro

    3.2 Dimensionamento dos cilindros

    3.2.1 Retorno por mola

    3.3 Flambagem

    3.3.1 Carga crítica

    3.3.2 Cilindros hidráulicos (motores lineares)

    3.4 Simbologia hidráulica (Conforme norma ABNT NBR 8896, 8897 e 8898)

    3.4.1 Linhas e suas funções

    3.4.2 Bombas

    3.4.3 Motores e cilindros

    3.4.4 Outros

    3.4.5 Válvulas − Símbolos básicos

    3.4.6 Válvulas − Exemplos

    3.4.7 Acionamentos

    3.5 Furadeira

    3.5.1 Circuito 1 – Eletro-hidráulico

    3.5.2 Circuito 2 – Hidráulico para: rebitadeiras, máquinas estampadoras, logotipos e prensas em geral

    3.5.3 Circuito 3 – Circuito de acionamento de motor hidráulico

    3.5.4 Circuito 4 – Mesa giratória

    3.5.5 Circuito 5 – Injetora de Zamac

    3.6 Bombas

    3.6.1 Bomba hidráulica

    3.6.2 Bomba de engrenagens

    3.6.3 Bomba de palheta

    3.6.4 Bomba de êmbolos axiais

    3.6.5 Bomba de êmbolos radiais

    3.6.6 Motor hidráulico

    3.6.7 Bombas – circuitos

    3.6.8 Tipos de bombas

    3.7 Motor hidráulico

    3.7.1 Tipos de motor hidráulico

    3.7.2 Dimensionamento do motor

    3.8 Motor de engrenagens

    3.8.1 Características gerais

    3.8.2 Dimensionamento do circuito

    3.8.3 Potência do motor hidráulico

    3.8.4 Torque específico no motor hidráulico

    3.9 Reservatório de óleo

    3.9.1 Capacidade dos reservatórios

    3.9.2 Proteção anticorrosiva

    3.9.3 Posição dos tubos no reservatório

    3.9.4 Reservatório de óleo

    3.10 Tubulação

    3.10.1 Uso correto dos condutores

    3.10.2 Problemas na instalação

    3.10.3 Dimensionamento dos dutos

    3.11 Acumuladores hidráulicos

    3.11.1 Acumuladores por mola

    3.11.2 Acumuladores a gás

    3.11.3 Volume geométrico

    3.11.4 Tipos de acumulador

    3.11.5 Mudanças de estado

    Capítulo 4 − Pneumática

    4.1 Simbologia

    4.2 Características do ar comprimido

    4.2.1 Características gerais positivas

    4.2.2 Características gerais negativas

    4.3 Reservatório de ar comprimido

    4.3.1 Funções do reservatório

    4.3.2 Volume do reservatório

    4.3.3 Dimensionamento do diâmetro da tubulação

    4.3.4 Nomograma (comprimento equivalente)

    4.3.5 Comprimento equivalente

    4.4 Tubulação da rede

    4.4.1 Dimensionamento dos cilindros

    4.4.2 Força efetiva no êmbolo

    4.5 Cilindro com retorno por mola

    4.6 Cilindro de dupla ação

    4.6.1 Cilindro no avanço

    4.6.2 Cilindro de dupla ação (retorno)

    4.6.3 Velocidade do êmbolo do cilindro

    4.6.4 Consumo de ar da rede

    4.6.5 Ambientes secundários dos circuitos

    4.7 Motores pneumáticos

    4.7.1 Tipos construtivos

    4.7.2 Desempenho dos motores

    4.8 Circuitos pneumáticos

    4.8.1 Circuito 1 − Distribuidor de buchas de um alimentador inclinado

    4.8.2 Circuito 2 − Estampador de logotipo

    4.9 Funcionamento da máquina

    4.9.1 Furadeira de coluna

    Comente este artigo

    Seu email não é publicado.

    *

    You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>